10
SET
2019

Seminário São José tem instituição do Leitorato e chá

No dia da Santa Cruz, 14 de setembro, cinco seminaristas do Seminário Arquidiocesano São José serão instituídos leitores, durante a Santa Missa, presidida pelo Bispo Auxiliar de Niterói, Dom Luiz Antônio, às 18h30.

As instituições ao leitorato fazem parte do processo formativo do candidato ao sacerdócio que, depois de alguns anos de formação, vai dando passos significativos para o futuro exercício do ministério presbiteral.

Antes da Celebração, será realizado o tradicional Chá do Seminário, com início previsto para 16h. O Seminário Arquidiocesano São José, fica na Rua Doutor Genserico Ribeiro, 59, São Lourenço, Niterói.

Instituição de leitores e acólitos

Em preparação para o sacerdócio, os seminaristas do 2º e 3º anos de teologia recebem os ministérios de leitor e acólito (Acolitato e Leitorato), respectivamente, para melhor se prepararem, e exercê-los por um tempo conveniente, antes da Ordenação Presbiteral. O leitor é instituído para o ministério que lhe é próprio, ou seja, fazer a leitura da Palavra de Deus na assembleia litúrgica. E assim, tanto na missa como nos outros atos sagrados, é ele quem profere as leituras da Sagrada Escritura, exceto o Evangelho.

O acólito é instituído para cuidar do altar e auxiliar o diácono e o sacerdote nas ações litúrgicas, sobretudo na celebração da Missa. Pertence-lhe, ainda, como ministro extraordinário, distribuir a Sagrada Comunhão. Além disso, em circunstâncias extraordinárias, pode ser encarregado de expor e repor a Sagrada Eucaristia, para adoração pública dos fiéis, mas não de dar a bênção com o Santíssimo Sacramento.  Estes dois ministérios também são confiados aos leigos.

São etapas importantes na formação dos candidatos ao sacerdócio, passos significativos e aprofundados no compromisso com a grandeza da vocação à qual foram chamados, avançando para “águas mais profundas”, lançando suas redes. Rezemos para que o Senhor da messe envie mais operários para a sua messe, pois “a messe é grande, mas poucos são os operários”.

Por João Dias
Texto instituição de leitores e acólitos: Cerimonial dos Bispos
Arte: divulgação

Deixe um comentário

*

captcha *