13
MAR
2019

II Caminhada Arquidiocesana em Defesa do SUS acontece sábado

A Pastoral da Aids da Arquidiocese de Niterói realiza a II Caminhada Arquidiocesana em Defesa do SUS (Sistema Único de Saúde), no dia 16 de março, às 8h, com celebração da Santa Missa. O evento se iniciará com a Santa Missa na Catedral São João Batista, que fica na praça Dom Pedro II, s/nº, no Centro de Niterói.

Após a Santa Missa, que tem a presidência do Bispo de Campos, Dom Roberto, a caminhada terá início em direção ao Hospital Universitário Antônio Pedro, onde acontecerá um ato público, com a temática da Campanha da Fraternidade. O término está previsto para as 12h.

A Pastoral da Aids se une na luta em defesa do SUS, na época do seu desmonte, e de tanto retrocesso nas políticas públicas de saúde; não aceitamos o desmonte do SUS, redução ou transformação de seus princípios (universalidade, equidade, integralidade, regionalização, participação social).

A saúde não é negócio ou mercadoria. O SUS é uma conquista do povo brasileiro, é um patrimônio do Brasil e instrumento imprescindível, para garantir o direito à saúde, assegurado pela Constituição Federal, também chamada de Constituição Cidadã, segundo seu Artigo 196: “A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.”

Esta luta em defesa do SUS marcará a qualidade dos serviços a serem oferecidos no âmbito da saúde pública, em todo nosso país, e deverá ser uma bandeira levantada pelos cidadãos brasileiros, impedindo o retrocesso social nas políticas públicas, sociais e econômicas de saúde no Brasil.

Dom José Francisco Rezende Dias, Arcebispo de Niterói e Bispo Referencial da Pastoral da Aids do Leste1, concedeu sua bênção aos organizadores da Caminhada Arquidiocesana em Defesa do SUS, e em vídeo divulgado para realização do evento, ressaltou a sua importância: “será em defesa do SUS, em defesa da saúde e em defesa da vida”, convidando à união de todos nesta luta. Dom Luiz Antônio também convocou todos os fiéis e destacou a missão social da Igreja: “A Igreja, como povo da vida e a favor da vida, quer lutar pela defesa do SUS que atende, sobretudo, aos mais necessitados. Para que todos tenham vida e um acesso à saúde digna a todo ser humano”, disse.

A Pastoral da Aids, Pastoral da Saúde e outras Pastorais Sociais da Arquidiocese de Niterói, juntamente com o Grupo Pela Vida Niterói, Grupo Gênesis Niterói e o Rotary Club Niterói Norte, estão juntos na organização e divulgação da “II Caminhada Arquidiocesana em Defesa do SUS”, e conta com a sua participação.

Deixe um comentário

*

captcha *