06
AGO
2018

Cripta da Ressurreição de Maricá é inaugurada

No dia 31 de julho foi inaugurada, na  Paróquia Nossa Senhora do Amparo, em Maricá, a Cripta da Ressurreição. Durante todo o dia, foram realizadas diversas atividades preparatórias.

Pela manhã, houve uma Santa Missa, e logo após, Oração pelos Sacerdotes. Neste momento, os restos mortais dos Sacerdotes Cônego Joaquim Antônio de Carvalho Batalha, Padre Manuel Rodrigues da Cruz e Padre José Julio de Souza ficaram no Altar de Nossa Senhora das Graças, na Sacristia Paroquial. Seguiram-se a Adoração ao Santíssimo Sacramento, Bênção do Santíssimo Sacramento, Terço da Misericórdia, Oração do Santo Terço e Ladainha de Nossa Senhora, e a Santa Missa Exequial.

Os corpos dos padres estavam enterrados no chão da Igreja Matriz, e foram exumados na reforma da Matriz Nossa Senhora do Amparo.

Na Santa Missa Exequial foi feito o traslado dos restos mortais dos Sacerdotes falecidos.

A palavra exéquias provém do verbo latino exsequi, que significa “seguir” e refere-se ao cortejo fúnebre, que segue o corpo do defunto até o túmulo.

Para saber mais sobre “Exéquias Cristãs”, acesse o Catecismo da Igreja Católica: http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p2s2cap4_1667-1690_po.html. O que se refere a exéquias está na segunda parte, depois da explicação sobre os sacramentos (Batismo, Confirmação, Eucaristia etc).

Após a Santa Missa, a Cripta da Ressurreição da Paróquia foi abençoada, e oficialmente inaugurada.

Por João Dias com informações do Padre Ricardo Dias
Foto: Facebook Projeto de Restauração

Deixe um comentário

*

captcha *