07
DEZ
2018

Coordenador das Pastorais sociais é novo membro da UN MGCY

Raphael Costa atuará na pasta de “Advocacy and Policy”

No dia 05 de dezembro, durante reunião no Itamaraty, Raphael Costa, coordenador das Pastorais Sociais, recebeu a notícia de que é novo membro da UM MGCY (United Nations Major Group for Children and Youth), o comitê oficial de lideranças jovens, constituído pela Assembleia Geral da ONU. O coordenador das Pastorais Sociais foi indicado pelo Vaticano (que é membro da ONU), e o órgão confirmou o convite formal.

A United Nations Major Group for Children and Youth é o grupo principal das Nações Unidas para Crianças e Jovens, e é o espaço mandatado, oficial, formal e auto-organizado pela Assembleia Geral da ONU para crianças e jovens (abaixo de 30 anos), para contribuir e se engajar em certos processos políticos intergovernamentais e aliados na ONU.

O grupo age como uma ponte entre os jovens e o sistema das Nações Unidas, a fim de garantir que o direito à participação significativa seja realizado. O grupo faz isso envolvendo comunidades formais e informais de jovens, no desenho, implementação, monitoramento, acompanhamento e revisão de políticas de desenvolvimento sustentável em todos os níveis.

Raphael Costa atuará na pasta de “Advocacy and Policy”, monitorando as políticas públicas de infância e juventude no mundo todo, e especialmente nas comunidades do Brasil. Em fevereiro, o jovem advogado já terá uma importante reunião em Nova Iorque.

O coordenador das pastorais sociais contou como recebeu a notícia: “Entendo convite não como reconhecimento do mérito pessoal, mas fruto de um trabalho coletivo. Fico feliz pela oportunidade de ser sinal do Evangelho em lugares nem sempre propícios aos valores cristãos, mas que justamente por isso precisam ser iluminados pela chama do Reino de Deus. Com essa atuação no comitê de juventude da ONU, pretendo defender sempre a dignidade da vida humana, desde a concepção até o fim natural, e o bem comum”, destacou Raphael Costa.

A UM MGCY, desde 1992, recebe seu mandato da Agenda 21, acordos bilaterais e / ou termos de referência com entidades específicas da ONU. O Grupo Principal das Nações Unidas para a Infância e a Juventude é o espaço oficial, formal e auto-organizado da Assembleia Geral das Nações Unidas, para que crianças e jovens contribuam e participem de certos processos políticos intergovernamentais e aliados nas Nações Unidas.

Por João Dias
Foto: reprodução da Rede Social

Deixe um comentário

*

captcha *