01
SET
2018

“A romaria nos recorda também, que somos peregrinos”, diz Dom José

O Santuário Nacional de Aparecida acolheu no sábado, 01 de setembro, a tradicional Romaria da Arquidiocese de Niterói, peregrinação que acontece anualmente, desde 1999. Neste ano, a Romaria reuniu mais de 10 mil fiéis, cerca de 80 sacerdotes, aproximadamente 20 diáconos, em 209 ônibus, que levaram,  aproximadamente, 9.968 fiéis, além de carros particulares.

Todos participaram da Santa Missa, presidida pelo Arcebispo de Niterói, Dom José Francisco e concelebrada pelo Arcebispo Emérito, Dom Frei Alano e os padres. O terço de Nossa Senhora foi rezado pelos romeiros, na Tribuna Papa Bento XVI. Os padres, diáconos, religiosos e fiéis, participaram de todas as atividades programadas.

Durante a celebração, Dom José Francisco relembrou o ano do Laicato, dizendo: “Estamos celebrando o Ano Nacional do Laicato, que chama todos os cristãos leigos e leigas a serem sal da terra e luz do mundo. Hoje, iniciamos o mês de setembro, dedicado à Palavra de Deus, e a Igreja nos convida a conhecermos mais o livro da Sabedoria, para melhor vivermos o projeto de Deus. E a Palavra de Deus nos chama a encontrar a sabedoria da vida em Jesus Cristo, partilhando com os irmãos os dons recebidos do Senhor”.

Ainda em sua homilia o Arcebispo falou sobre a importância do sim de Maria: “A Mãe de Jesus e nossa Mãe, aqui invocada, com o título de Senhora Aparecida, é modelo de glorificação ao Senhor. No Magnificat ela respondeu: “A minha alma engrandece o Senhor e o meu espírito exulta em Deus, meu salvador, pois ele viu a pequenez de sua serva … O Poderoso fez em mim maravilhas e santo é o seu nome”. Ela viveu a sabedoria de Deus e não se fechou nos dons recebidos, mas os reconheceu e multiplicou, concedendo-nos o dom maior: o seu Filho Jesus Cristo”.

Refletindo sobre a importância de uma romaria, disse Dom José Francisco:  “A romaria recorda-nos também que somos peregrinos, caminhantes neste mundo. E em meio às crises e dificuldades, não estamos sozinhos, como nos ensinou o salmista: “No Senhor nós esperamos confiantes, porque ele é nosso auxílio e proteção!” (Sl 32,20).”

Concluindo sua homilia, pediu: “Em romaria, na casa da Mãe Aparecida, contando com sua carinhosa intercessão, peçamos a Deus que retire de nós toda maldade e preguiça, e nos leve a multiplicar as graças recebidas, como Maria as multiplicou e partilhou”.

Ao final da celebração, o Arcebispo pediu a proteção de Nossa Senhora Aparecida para todos os presentes e para os que acompanhavam pela  LIVE da Arquidiocese e Rádio Anunciadora, concedendo a bênção episcopal.

Ao final da celebração, Dom José rezou com os fiéis o Terço de Nossa Senhora, na Tribuna Papa Bento XVI, quando foi possível observar significativa participação da Arquidiocese, neste momento de espiritualidade.

Por João Dias
Fotos: Reprodução da LIVE da Arquidiocese

Deixe um comentário

*

captcha *